Bolivia

País

Enviado por pcontramaestre em ter, 04/05/2021 - 16:21
INFORMAÇÕES GERAIS
Contexto Nacional
Última actualización: sex, 01/10/2021 - 14:24
Contexto Nacional

• Emergência Nacional em todo o território nacional.

• Uma situação de quarentena condicional e dinâmica é mantida.

• Declara de interesse e prioridade nacional as atividades e medidas de prevenção, contenção e tratamento da infecção COVID-19.

Ley Nº 1293/020

Decreto Nº 4577/021

 

Situação epidemiológica
Última actualización: qui, 17/06/2021 - 20:05
Situação epidemiológica

Ver link: https://covid19.who.int

Enlace externo: https://covid19.who.int
Medidas contra COVID
Última actualización: qui, 09/09/2021 - 00:45
Medidas contra a COVID

São necessárias medidas de biossegurança e prevenção, prevendo tais Procedimentos.

• Uso permanente de chinstrap;

• Lavagem frequente das mãos e uso de álcool;

• Distância de 1,5 a 2 metros entre pessoas;

• Não permaneça em espaços fechados ou sem ventilação.

• Outros editados pelo Ministério da Saúde e Esportes.

Guia para a gestão do COVID. MSyD.

• Mantêm-se as actividades económicas dos diversos sectores, cumprindo os Protocolos e as medidas de biossegurança acima mencionados.

• Da mesma forma para as atividades de transporte público local, municipal, interprovincial, interdepartamental e por cabo.

• As pessoas que realizam atividades comerciais de trânsito fronteiriço devem cumprir o mesmo e os Protocolos.

• As entidades que desenvolvem atividades em aeroportos internacionais devem realizar testes periódicos de controlo do COVID-19 no seu quadro de pessoal.

• Podemos citar as seguintes medidas:

• Não se verifica a limitação de circulação, mas se estabelecem disposições para a Jornada do Trabalho dos setores público e privado.

• Pretende-se evitar aglomerações, pelo que estão previstos horários de entrada escalonados e o teletrabalho é uma opção permanente.

• Neste âmbito, foram emitidos Protocolos de horário de funcionamento em Centros Comerciais e outros tipos de estabelecimentos.

• Suspensão de eventos sociais que reúnem pessoas.

• Capacidade para atividades esportivas, culturais e religiosas em espaços fechados.

• Capacidade para atendimento em restaurantes, shopping centers, bares, discotecas e outros estabelecimentos recreativos.

• Em entidades públicas e privadas evite filas e aglomerações;

• Comunicações por meios virtuais, facilitando horários e ambientes adicionais para atendimento.

Decreto Nº 4577/021

VIAJES
Viagem » Restrições de entrada
Última actualización: qui, 09/09/2021 - 00:38
Restrições de entrada

Fronteiras fechadas até 30 de setembro para todas as pessoas, com exceções e requisitos a serem atendidos para entrada por qualquer via: fluvial, aérea ou terrestre.

Inicio da transição. MSyD.

Para nacionais e estrangeiros:

É permitida a entrada de nacionais ou estrangeiros, que devem cumprir determinados requisitos.

Decreto Nº 4481/021

Viagem » Restrições de entrada
Última actualización: qui, 09/09/2021 - 00:38
Restrições de entrada

Fronteiras fechadas até 30 de setembro para todas as pessoas, com exceções e requisitos a serem atendidos para entrada por qualquer via: fluvial, aérea ou terrestre.

Inicio da transição. MSyD.

Para nacionais e estrangeiros:

É permitida a entrada de nacionais ou estrangeiros, que devem cumprir determinados requisitos.

Decreto Nº 4481/021

Viagem » Restrições de entrada
Última actualización: qui, 09/09/2021 - 00:38
Restrições de entrada

Fronteiras fechadas até 30 de setembro para todas as pessoas, com exceções e requisitos a serem atendidos para entrada por qualquer via: fluvial, aérea ou terrestre.

Inicio da transição. MSyD.

Para nacionais e estrangeiros:

É permitida a entrada de nacionais ou estrangeiros, que devem cumprir determinados requisitos.

Decreto Nº 4481/021

Viagem » Documentos de viagem
Última actualización: sex, 01/07/2022 - 19:43
Requisitos documentais.

Para Nacionais : passaporte ou bilhete de identidade.

Os regulamentos atuais para a validade de certificados expirados são estendidos.

Para nacionais do Mercosul e Estados Associados : passaporte ou carteira de identidade.

Outras nacionalidades : passaporte. Visto para as nacionalidades que são necessárias.



Vistos: 

-Verifique aqui se a sua nacionalidade exige visto para entrar no país. (Lista de Nacionalidades).

-Caso a sua nacionalidade exija visto, entre aqui para conhecer os diferentes tipos de vistos e os requisitos a cumprir. (Tipos de vistos e requisitos).

Viagem » Documentos de viagem
Última actualización: sex, 01/07/2022 - 19:43
Requisitos documentais.

Para Nacionais : passaporte ou bilhete de identidade.

Os regulamentos atuais para a validade de certificados expirados são estendidos.

Para nacionais do Mercosul e Estados Associados : passaporte ou carteira de identidade.

Outras nacionalidades : passaporte. Visto para as nacionalidades que são necessárias.



Vistos: 

-Verifique aqui se a sua nacionalidade exige visto para entrar no país. (Lista de Nacionalidades).

-Caso a sua nacionalidade exija visto, entre aqui para conhecer os diferentes tipos de vistos e os requisitos a cumprir. (Tipos de vistos e requisitos).

Viagem » Documentos de viagem
Última actualización: sex, 01/07/2022 - 19:43
Requisitos documentais.

Para Nacionais : passaporte ou bilhete de identidade.

Os regulamentos atuais para a validade de certificados expirados são estendidos.

Para nacionais do Mercosul e Estados Associados : passaporte ou carteira de identidade.

Outras nacionalidades : passaporte. Visto para as nacionalidades que são necessárias.



Vistos: 

-Verifique aqui se a sua nacionalidade exige visto para entrar no país. (Lista de Nacionalidades).

-Caso a sua nacionalidade exija visto, entre aqui para conhecer os diferentes tipos de vistos e os requisitos a cumprir. (Tipos de vistos e requisitos).

Viagem » Documentos de viagem
Última actualización: qui, 09/09/2021 - 00:32
Viagem

Cidadãos: passaporte ou carteira de identidade.

• Validade das carteiras de identidade vencidas em 31 de agosto de 2021.

Cidadãos de países do MERCOSUL e Estados Associados: passaporte ou carteira de identidade.

Outras nacionalidades: pasaporte.

Visto para as nacionalidades exigidas.

Decreto Nº 4577/021

Viagem » Documentos de viagem
Última actualización: qui, 09/09/2021 - 00:32
Viagem

Cidadãos: passaporte ou carteira de identidade.

• Validade das carteiras de identidade vencidas em 31 de agosto de 2021.

Cidadãos de países do MERCOSUL e Estados Associados: passaporte ou carteira de identidade.

Outras nacionalidades: pasaporte.

Visto para as nacionalidades exigidas.

Decreto Nº 4577/021

Viagem » Documentos de viagem
Última actualización: qui, 09/09/2021 - 00:32
Viagem

Cidadãos: passaporte ou carteira de identidade.

• Validade das carteiras de identidade vencidas em 31 de agosto de 2021.

Cidadãos de países do MERCOSUL e Estados Associados: passaporte ou carteira de identidade.

Outras nacionalidades: pasaporte.

Visto para as nacionalidades exigidas.

Decreto Nº 4577/021

Viagem » Pontos de entrada habilitados
Última actualización: qui, 17/06/2021 - 20:26
Pontos de entrada habilitados

Aéreos:

Aeroporto Internacional Viru Viru, Aeroporto Internacional Jorge Wilstermann e Aeroporto Internacional El Alto.

Terrestres:

San Matías (Santa Cruz), Ibibobo (Tarija), Bermejo (Salta), Villazón (Villazón), Hito Cajones (Potosí); Pisiga Bolívar (Oruro), Kasani (Puno), Cobija (Pando), Guayaramerín (Beni), Puerto Acosta (La Paz), Desaguadero (La Paz), Tambo Quemado (Oruro), Estación Avaroa (Potosí), Puerto Suárez (Santa Cruz), Yacuiba (Tarija).

Viagem » Pontos de entrada habilitados
Última actualización: qui, 17/06/2021 - 20:26
Pontos de entrada habilitados

Aéreos:

Aeroporto Internacional Viru Viru, Aeroporto Internacional Jorge Wilstermann e Aeroporto Internacional El Alto.

Terrestres:

San Matías (Santa Cruz), Ibibobo (Tarija), Bermejo (Salta), Villazón (Villazón), Hito Cajones (Potosí); Pisiga Bolívar (Oruro), Kasani (Puno), Cobija (Pando), Guayaramerín (Beni), Puerto Acosta (La Paz), Desaguadero (La Paz), Tambo Quemado (Oruro), Estación Avaroa (Potosí), Puerto Suárez (Santa Cruz), Yacuiba (Tarija).

Viagem » Pontos de entrada habilitados
Última actualización: qui, 17/06/2021 - 20:26
Pontos de entrada habilitados

Aéreos:

Aeroporto Internacional Viru Viru, Aeroporto Internacional Jorge Wilstermann e Aeroporto Internacional El Alto.

Terrestres:

San Matías (Santa Cruz), Ibibobo (Tarija), Bermejo (Salta), Villazón (Villazón), Hito Cajones (Potosí); Pisiga Bolívar (Oruro), Kasani (Puno), Cobija (Pando), Guayaramerín (Beni), Puerto Acosta (La Paz), Desaguadero (La Paz), Tambo Quemado (Oruro), Estación Avaroa (Potosí), Puerto Suárez (Santa Cruz), Yacuiba (Tarija).

Viagem » Restrições à mobilidade interna
Última actualización: sex, 01/10/2021 - 14:20
Restrições de mobilidade interna

Não há toque de recolher, portanto não estão previstas restrições de viagem dentro do país. Realizam-se voos domésticos.

O transporte público funciona em nível departamental e interdepartamental, nos horários determinados pelas autoridades competentes.

Validade até 31 de dezembro 2021.

Decreto Nº 4577/021

Decree Nº 4451/021

 

Viagem » Restrições à mobilidade interna
Última actualización: sex, 01/10/2021 - 14:20
Restrições de mobilidade interna

Não há toque de recolher, portanto não estão previstas restrições de viagem dentro do país. Realizam-se voos domésticos.

O transporte público funciona em nível departamental e interdepartamental, nos horários determinados pelas autoridades competentes.

Validade até 31 de dezembro 2021.

Decreto Nº 4577/021

Decree Nº 4451/021

 

Viagem » Restrições à mobilidade interna
Última actualización: sex, 01/10/2021 - 14:20
Restrições de mobilidade interna

Não há toque de recolher, portanto não estão previstas restrições de viagem dentro do país. Realizam-se voos domésticos.

O transporte público funciona em nível departamental e interdepartamental, nos horários determinados pelas autoridades competentes.

Validade até 31 de dezembro 2021.

Decreto Nº 4577/021

Decree Nº 4451/021

 

SAÚDE E SEGURANÇA
Requisitos
Tipo de frontera

Aéreo

Para entrar, você deve ter um dos seguintes documentos:

Toda pessoa deve apresentar para entrada no país:

Certificado de vacinação contra COVID-19 ou,

Teste RT-PCR negativo para pessoas com mais de 5 anos ou,

Teste de antígeno nasal certificado também para pessoas com mais de 5 anos de idade.

Para mais informações insira o adicional fornecido.

Ver más información

Terra

Para entrar, você deve ter um dos seguintes documentos:

Toda pessoa deve apresentar para entrada no país:

Certificado de vacinação contra COVID-19 ou,

Teste RT-PCR negativo para pessoas com mais de 5 anos ou,

Teste de antígeno nasal certificado também para pessoas com mais de 5 anos de idade.

Para mais informações insira o adicional fornecido.

Ver más información
Tipo de frontera

Aéreo

Para entrar, você deve ter um dos seguintes documentos:

Toda pessoa deve apresentar para entrada no país:

Certificado de vacinação contra COVID-19 ou,

Teste RT-PCR negativo para pessoas com mais de 5 anos ou,

Teste de antígeno nasal certificado também para pessoas com mais de 5 anos de idade.

Para mais informações insira o adicional fornecido.

Ver más información

Terra

Para entrar, você deve ter um dos seguintes documentos:

Toda pessoa deve apresentar para entrada no país:

Certificado de vacinação contra COVID-19 ou,

Teste RT-PCR negativo para pessoas com mais de 5 anos ou,

Teste de antígeno nasal certificado também para pessoas com mais de 5 anos de idade.

Para mais informações insira o adicional fornecido.

Ver más información
Requisitos
Tipo de frontera

Aéreo

Para entrar, você deve ter um dos seguintes documentos:

Toda pessoa deve apresentar para entrada no país:

Certificado de vacinação contra COVID-19 ou,

Teste RT-PCR negativo para pessoas com mais de 5 anos ou,

Teste de antígeno nasal certificado também para pessoas com mais de 5 anos de idade.

Para mais informações insira o adicional fornecido.

Ver más información

Terra

Para entrar, você deve ter um dos seguintes documentos:

Toda pessoa deve apresentar para entrada no país:

Certificado de vacinação contra COVID-19 ou,

Teste RT-PCR negativo para pessoas com mais de 5 anos ou,

Teste de antígeno nasal certificado também para pessoas com mais de 5 anos de idade.

Para mais informações insira o adicional fornecido.

Ver más información
Tipo de frontera

Aéreo

Para entrar, você deve ter um dos seguintes documentos:

Toda pessoa deve apresentar para entrada no país:

Certificado de vacinação contra COVID-19 ou,

Teste RT-PCR negativo para pessoas com mais de 5 anos ou,

Teste de antígeno nasal certificado também para pessoas com mais de 5 anos de idade.

Para mais informações insira o adicional fornecido.

Ver más información

Terra

Para entrar, você deve ter um dos seguintes documentos:

Toda pessoa deve apresentar para entrada no país:

Certificado de vacinação contra COVID-19 ou,

Teste RT-PCR negativo para pessoas com mais de 5 anos ou,

Teste de antígeno nasal certificado também para pessoas com mais de 5 anos de idade.

Para mais informações insira o adicional fornecido.

Ver más información
Requisitos
Tipo de frontera

Aéreo

Para entrar, você deve ter um dos seguintes documentos:

Toda pessoa deve apresentar para entrada no país:

Certificado de vacinação contra COVID-19 ou,

Teste RT-PCR negativo para pessoas com mais de 5 anos ou,

Teste de antígeno nasal certificado também para pessoas com mais de 5 anos de idade.

Para mais informações insira o adicional fornecido.

Ver más información

Terra

Para entrar, você deve ter um dos seguintes documentos:

Toda pessoa deve apresentar para entrada no país:

Certificado de vacinação contra COVID-19 ou,

Teste RT-PCR negativo para pessoas com mais de 5 anos ou,

Teste de antígeno nasal certificado também para pessoas com mais de 5 anos de idade.

Para mais informações insira o adicional fornecido.

Ver más información
Tipo de frontera

Aéreo

Para entrar, você deve ter um dos seguintes documentos:

Toda pessoa deve apresentar para entrada no país:

Certificado de vacinação contra COVID-19 ou,

Teste RT-PCR negativo para pessoas com mais de 5 anos ou,

Teste de antígeno nasal certificado também para pessoas com mais de 5 anos de idade.

Para mais informações insira o adicional fornecido.

Ver más información

Terra

Para entrar, você deve ter um dos seguintes documentos:

Toda pessoa deve apresentar para entrada no país:

Certificado de vacinação contra COVID-19 ou,

Teste RT-PCR negativo para pessoas com mais de 5 anos ou,

Teste de antígeno nasal certificado também para pessoas com mais de 5 anos de idade.

Para mais informações insira o adicional fornecido.

Ver más información
Acesso a serviços de saúde
Última actualización: qui, 09/12/2021 - 13:34
Cuidados de saúde.

A Lei de Migração nº 370/013 garante aos migrantes o direito à saúde, entre outros.

Universal (Sistema Único de Saúde).

Beneficiários : são os estrangeiros não amparados pelo subsetor da Previdência de Curto Prazo.

Caso o País de origem não tenha acordo de reciprocidade em matéria de saúde com a Bolívia, a cobertura é Parcial.

O Ministério da Saúde divulgou Guia Técnico para a Atenção Integral ao Sistema Único de Saúde do Estado.

Veja o seguinte link.

As filiações ao SUS são feitas no Posto de Saúde mais próximo de sua residência, sendo exigidos documento de identidade e comprovante de endereço.

Sistema Único de Saúde

Tipo de frontera

Aéreo

Para entrar, você deve ter um dos seguintes documentos:

Toda pessoa deve apresentar para entrada no país:

Certificado de vacinação contra COVID-19 ou,

Teste RT-PCR negativo para pessoas com mais de 5 anos ou,

Teste de antígeno nasal certificado também para pessoas com mais de 5 anos de idade.

Para mais informações insira o adicional fornecido.

Ver más información

Terra

Para entrar, você deve ter um dos seguintes documentos:

Toda pessoa deve apresentar para entrada no país:

Certificado de vacinação contra COVID-19 ou,

Teste RT-PCR negativo para pessoas com mais de 5 anos ou,

Teste de antígeno nasal certificado também para pessoas com mais de 5 anos de idade.

Para mais informações insira o adicional fornecido.

Ver más información
Tipo de frontera

Aéreo

Para entrar, você deve ter um dos seguintes documentos:

Toda pessoa deve apresentar para entrada no país:

Certificado de vacinação contra COVID-19 ou,

Teste RT-PCR negativo para pessoas com mais de 5 anos ou,

Teste de antígeno nasal certificado também para pessoas com mais de 5 anos de idade.

Para mais informações insira o adicional fornecido.

Ver más información

Terra

Para entrar, você deve ter um dos seguintes documentos:

Toda pessoa deve apresentar para entrada no país:

Certificado de vacinação contra COVID-19 ou,

Teste RT-PCR negativo para pessoas com mais de 5 anos ou,

Teste de antígeno nasal certificado também para pessoas com mais de 5 anos de idade.

Para mais informações insira o adicional fornecido.

Ver más información
Acesso a serviços de saúde
Última actualización: qui, 09/12/2021 - 13:34
Cuidados de saúde.

A Lei de Migração nº 370/013 garante aos migrantes o direito à saúde, entre outros.

Universal (Sistema Único de Saúde).

Beneficiários : são os estrangeiros não amparados pelo subsetor da Previdência de Curto Prazo.

Caso o País de origem não tenha acordo de reciprocidade em matéria de saúde com a Bolívia, a cobertura é Parcial.

O Ministério da Saúde divulgou Guia Técnico para a Atenção Integral ao Sistema Único de Saúde do Estado.

Veja o seguinte link.

As filiações ao SUS são feitas no Posto de Saúde mais próximo de sua residência, sendo exigidos documento de identidade e comprovante de endereço.

Sistema Único de Saúde

Tipo de frontera

Aéreo

Para entrar, você deve ter um dos seguintes documentos:

Toda pessoa deve apresentar para entrada no país:

Certificado de vacinação contra COVID-19 ou,

Teste RT-PCR negativo para pessoas com mais de 5 anos ou,

Teste de antígeno nasal certificado também para pessoas com mais de 5 anos de idade.

Para mais informações insira o adicional fornecido.

Ver más información

Terra

Para entrar, você deve ter um dos seguintes documentos:

Toda pessoa deve apresentar para entrada no país:

Certificado de vacinação contra COVID-19 ou,

Teste RT-PCR negativo para pessoas com mais de 5 anos ou,

Teste de antígeno nasal certificado também para pessoas com mais de 5 anos de idade.

Para mais informações insira o adicional fornecido.

Ver más información
Tipo de frontera

Aéreo

Para entrar, você deve ter um dos seguintes documentos:

Toda pessoa deve apresentar para entrada no país:

Certificado de vacinação contra COVID-19 ou,

Teste RT-PCR negativo para pessoas com mais de 5 anos ou,

Teste de antígeno nasal certificado também para pessoas com mais de 5 anos de idade.

Para mais informações insira o adicional fornecido.

Ver más información

Terra

Para entrar, você deve ter um dos seguintes documentos:

Toda pessoa deve apresentar para entrada no país:

Certificado de vacinação contra COVID-19 ou,

Teste RT-PCR negativo para pessoas com mais de 5 anos ou,

Teste de antígeno nasal certificado também para pessoas com mais de 5 anos de idade.

Para mais informações insira o adicional fornecido.

Ver más información
Acesso a serviços de saúde
Última actualización: qui, 09/12/2021 - 13:34
Cuidados de saúde.

A Lei de Migração nº 370/013 garante aos migrantes o direito à saúde, entre outros.

Universal (Sistema Único de Saúde).

Beneficiários : são os estrangeiros não amparados pelo subsetor da Previdência de Curto Prazo.

Caso o País de origem não tenha acordo de reciprocidade em matéria de saúde com a Bolívia, a cobertura é Parcial.

O Ministério da Saúde divulgou Guia Técnico para a Atenção Integral ao Sistema Único de Saúde do Estado.

Veja o seguinte link.

As filiações ao SUS são feitas no Posto de Saúde mais próximo de sua residência, sendo exigidos documento de identidade e comprovante de endereço.

Sistema Único de Saúde

Tipo de frontera

Aéreo

Para entrar, você deve ter um dos seguintes documentos:

Toda pessoa deve apresentar para entrada no país:

Certificado de vacinação contra COVID-19 ou,

Teste RT-PCR negativo para pessoas com mais de 5 anos ou,

Teste de antígeno nasal certificado também para pessoas com mais de 5 anos de idade.

Para mais informações insira o adicional fornecido.

Ver más información

Terra

Para entrar, você deve ter um dos seguintes documentos:

Toda pessoa deve apresentar para entrada no país:

Certificado de vacinação contra COVID-19 ou,

Teste RT-PCR negativo para pessoas com mais de 5 anos ou,

Teste de antígeno nasal certificado também para pessoas com mais de 5 anos de idade.

Para mais informações insira o adicional fornecido.

Ver más información
Tipo de frontera

Aéreo

Para entrar, você deve ter um dos seguintes documentos:

Toda pessoa deve apresentar para entrada no país:

Certificado de vacinação contra COVID-19 ou,

Teste RT-PCR negativo para pessoas com mais de 5 anos ou,

Teste de antígeno nasal certificado também para pessoas com mais de 5 anos de idade.

Para mais informações insira o adicional fornecido.

Ver más información

Terra

Para entrar, você deve ter um dos seguintes documentos:

Toda pessoa deve apresentar para entrada no país:

Certificado de vacinação contra COVID-19 ou,

Teste RT-PCR negativo para pessoas com mais de 5 anos ou,

Teste de antígeno nasal certificado também para pessoas com mais de 5 anos de idade.

Para mais informações insira o adicional fornecido.

Ver más información
Acesso a serviços de saúde
Última actualización: qui, 09/09/2021 - 00:11
Acesso a serviços de saúde

 

• A Lei de Migração nº 370/013 garante aos migrantes o direito à saúde, entre outros.

• Universais (Sistema Único de Saúde), os beneficiários: estrangeiros que não estejam protegidos pelo subsetor da Previdência Social de Curto Prazo e caso o País de origem não tenha acordo de reciprocidade em matéria de saúde com a Bolívia. A cobertura é parcial.

• O Ministério da Saúde editou Guia Técnico para a Atenção Integral no Sistema Único de Saúde do Estado.

• As filiações ao SUS são feitas no Posto de Saúde mais próximo de sua residência, sendo exigidos documento de identidade e comprovante de endereço.

 

Sistema Único de Saúde

Tipo de frontera

Aéreo

Para entrar, você deve ter um dos seguintes documentos:

Toda pessoa deve apresentar para entrada no país:

Certificado de vacinação contra COVID-19 ou,

Teste RT-PCR negativo para pessoas com mais de 5 anos ou,

Teste de antígeno nasal certificado também para pessoas com mais de 5 anos de idade.

Para mais informações insira o adicional fornecido.

Ver más información

Terra

Para entrar, você deve ter um dos seguintes documentos:

Toda pessoa deve apresentar para entrada no país:

Certificado de vacinação contra COVID-19 ou,

Teste RT-PCR negativo para pessoas com mais de 5 anos ou,

Teste de antígeno nasal certificado também para pessoas com mais de 5 anos de idade.

Para mais informações insira o adicional fornecido.

Ver más información
Tipo de frontera

Aéreo

Para entrar, você deve ter um dos seguintes documentos:

Toda pessoa deve apresentar para entrada no país:

Certificado de vacinação contra COVID-19 ou,

Teste RT-PCR negativo para pessoas com mais de 5 anos ou,

Teste de antígeno nasal certificado também para pessoas com mais de 5 anos de idade.

Para mais informações insira o adicional fornecido.

Ver más información

Terra

Para entrar, você deve ter um dos seguintes documentos:

Toda pessoa deve apresentar para entrada no país:

Certificado de vacinação contra COVID-19 ou,

Teste RT-PCR negativo para pessoas com mais de 5 anos ou,

Teste de antígeno nasal certificado também para pessoas com mais de 5 anos de idade.

Para mais informações insira o adicional fornecido.

Ver más información
Acesso a serviços de saúde
Última actualización: qui, 09/09/2021 - 00:11
Acesso a serviços de saúde

 

• A Lei de Migração nº 370/013 garante aos migrantes o direito à saúde, entre outros.

• Universais (Sistema Único de Saúde), os beneficiários: estrangeiros que não estejam protegidos pelo subsetor da Previdência Social de Curto Prazo e caso o País de origem não tenha acordo de reciprocidade em matéria de saúde com a Bolívia. A cobertura é parcial.

• O Ministério da Saúde editou Guia Técnico para a Atenção Integral no Sistema Único de Saúde do Estado.

• As filiações ao SUS são feitas no Posto de Saúde mais próximo de sua residência, sendo exigidos documento de identidade e comprovante de endereço.

 

Sistema Único de Saúde

Tipo de frontera

Aéreo

Para entrar, você deve ter um dos seguintes documentos:

Toda pessoa deve apresentar para entrada no país:

Certificado de vacinação contra COVID-19 ou,

Teste RT-PCR negativo para pessoas com mais de 5 anos ou,

Teste de antígeno nasal certificado também para pessoas com mais de 5 anos de idade.

Para mais informações insira o adicional fornecido.

Ver más información

Terra

Para entrar, você deve ter um dos seguintes documentos:

Toda pessoa deve apresentar para entrada no país:

Certificado de vacinação contra COVID-19 ou,

Teste RT-PCR negativo para pessoas com mais de 5 anos ou,

Teste de antígeno nasal certificado também para pessoas com mais de 5 anos de idade.

Para mais informações insira o adicional fornecido.

Ver más información
Tipo de frontera

Aéreo

Para entrar, você deve ter um dos seguintes documentos:

Toda pessoa deve apresentar para entrada no país:

Certificado de vacinação contra COVID-19 ou,

Teste RT-PCR negativo para pessoas com mais de 5 anos ou,

Teste de antígeno nasal certificado também para pessoas com mais de 5 anos de idade.

Para mais informações insira o adicional fornecido.

Ver más información

Terra

Para entrar, você deve ter um dos seguintes documentos:

Toda pessoa deve apresentar para entrada no país:

Certificado de vacinação contra COVID-19 ou,

Teste RT-PCR negativo para pessoas com mais de 5 anos ou,

Teste de antígeno nasal certificado também para pessoas com mais de 5 anos de idade.

Para mais informações insira o adicional fornecido.

Ver más información
Acesso a serviços de saúde
Última actualización: qui, 09/09/2021 - 00:11
Acesso a serviços de saúde

 

• A Lei de Migração nº 370/013 garante aos migrantes o direito à saúde, entre outros.

• Universais (Sistema Único de Saúde), os beneficiários: estrangeiros que não estejam protegidos pelo subsetor da Previdência Social de Curto Prazo e caso o País de origem não tenha acordo de reciprocidade em matéria de saúde com a Bolívia. A cobertura é parcial.

• O Ministério da Saúde editou Guia Técnico para a Atenção Integral no Sistema Único de Saúde do Estado.

• As filiações ao SUS são feitas no Posto de Saúde mais próximo de sua residência, sendo exigidos documento de identidade e comprovante de endereço.

 

Sistema Único de Saúde

Tipo de frontera

Aéreo

Para entrar, você deve ter um dos seguintes documentos:

Toda pessoa deve apresentar para entrada no país:

Certificado de vacinação contra COVID-19 ou,

Teste RT-PCR negativo para pessoas com mais de 5 anos ou,

Teste de antígeno nasal certificado também para pessoas com mais de 5 anos de idade.

Para mais informações insira o adicional fornecido.

Ver más información

Terra

Para entrar, você deve ter um dos seguintes documentos:

Toda pessoa deve apresentar para entrada no país:

Certificado de vacinação contra COVID-19 ou,

Teste RT-PCR negativo para pessoas com mais de 5 anos ou,

Teste de antígeno nasal certificado também para pessoas com mais de 5 anos de idade.

Para mais informações insira o adicional fornecido.

Ver más información
Tipo de frontera

Aéreo

Para entrar, você deve ter um dos seguintes documentos:

Toda pessoa deve apresentar para entrada no país:

Certificado de vacinação contra COVID-19 ou,

Teste RT-PCR negativo para pessoas com mais de 5 anos ou,

Teste de antígeno nasal certificado também para pessoas com mais de 5 anos de idade.

Para mais informações insira o adicional fornecido.

Ver más información

Terra

Para entrar, você deve ter um dos seguintes documentos:

Toda pessoa deve apresentar para entrada no país:

Certificado de vacinação contra COVID-19 ou,

Teste RT-PCR negativo para pessoas com mais de 5 anos ou,

Teste de antígeno nasal certificado também para pessoas com mais de 5 anos de idade.

Para mais informações insira o adicional fornecido.

Ver más información
Integración

Nacionales de MERCOSUR

Regularização

Mecanismos de regularização.

A Direção Geral de Migração possibilita dias excepcionais de regularização migratória, por força do Decreto nº 4.576/021.

Em formação.

Arquivamento

Residência temporária no exterior:

Tendo em consideração a situação de emergência sanitária, consulte a possibilidade do seu início na sede das Representações Consulares.

Requisitos:

. Preencha o formulário de Declaração Juramentada para o pedido de residência temporária.

. Passaporte ou documento de identidade válido e atual e identidade ou certificado de nacionalidade emitido por agente consular do país de origem credenciado na Bolívia.

. Em caso de necessidade de comprovação de relação de consanguinidade para iniciar o processo: Certidão ou certidão de nascimento certificada por agente consular do país de origem credenciado na Bolívia.

. Em caso de necessidade de comprovação de parentesco civil para iniciar o processo: certidão de casamento emitida por agente consular do país de origem credenciado na Bolívia.

. Caso o requerente tenha se naturalizado como nacional de um dos países Partes MERCOSUL ou associados: apresentar também certidão ou cópia legalizada do documento pelo qual se decidiu conceder a nacionalidade.

. Certidão que comprove a falta de antecedentes judiciais e/ou criminais e/ou policiais no país de origem ou em que teria residido nos últimos 5 anos anteriores à sua chegada ao país. Não se aplica a menores de 16 anos.

. Caso a pessoa declare ter residido irregularmente na Bolívia nos últimos 5 anos, deverá apresentar uma certidão de antecedentes criminais emitida pelo Registro Judicial de Registros Criminais (REJAP). Não se aplica a menores de 16 anos.

. Declaração juramentada de falta de antecedentes criminais e policiais internacionais perante a Direção Geral de Migração; mediante a aplicação do formulário de Declaração Juramentada emitido pela Direção Geral. Não se aplica a menores de 16 anos.

. Fotografia atual 4x4 fundo branco.

. Comprovante de pagamento do custo do procedimento.

. As certidões que comprovem a inexistência de antecedentes judiciais e/ou criminais e/ou policiais devem ser nacionais ou federais, conforme o caso.

Formalidades:

Toda a documentação emitida no exterior deve ser legalizada ou certificada pelo método de apostila e traduzida oficialmente para o espanhol.

A documentação a ser apresentada deve ser original.

O formulário de declaração de residência pode ser obtido nos sites ou escritórios da Direção Geral de Migração.

Requisitos pág. Nº 23.

Residência permanente no exterior:

Tendo em consideração a situação de emergência sanitária, consulte a possibilidade do seu início na sede das Representações Consulares.

Deve ser iniciado até 90 dias antes do vencimento da Residência Temporária do Mercosul.

Tem custo.

Requisitos:

. Formulário de declaração juramentado para o pedido de residência permanente, obtido nos escritórios ou sites da Direção Geral de Imigração.

. Passaporte ou carteira de identidade válido e atual ou certificado de nacionalidade emitido por agente consular dos países membros e associados do MERCOSUL.

. Comprovante de residência atual de dois anos, de acordo com os termos do Contrato. Em caso de perda ou furto da documentação por meio da qual a referida residência é credenciada e não está cadastrada nos sistemas informatizados da DIGEMIG: apresentar certidão de permanência definitiva emitida pela DIGEMIG, antes do início do procedimento (esta informação poderá ser coletados através do site: www.migración.gob.bo .

. Certidão de registo criminal – REJAP. Não se aplica a menores de 16 anos.

. Comprovar meios de subsistência lícitos, através da apresentação de documentos consoante se trate de trabalho ou de família. Mais informações no link fornecido. Se for por outro motivo, apresente documentação que comprove a atividade realizada em território boliviano.

. Fotografia atual 4x4 com fundo branco.

. Comprovante de pagamento do custo do procedimento.

Formalidades:

Toda a documentação emitida no exterior deve ser legalizada ou certificada pelo método da apostila quando aplicável.

A documentação a ser apresentada deve ser original.

Para mais informações consulte o link fornecido:

Requisitos pág. Nº 25.

Lei nº 370/013

Residência temporária no país de acolhimento:

É administrado perante a Direção Geral de Imigração, e é um procedimento que será aplicado independentemente da condição migratória com a qual tenha entrado em território boliviano e implicará a isenção do pagamento de multas ou outras sanções mais onerosas.

Tem um custo e sua validade é por um período de 2 anos.

Requisitos:

. Formulário de declaração para pedido de residência temporária.

. Passaporte ou documento de identidade válido e atual e identidade ou certificado de nacionalidade emitido por agente consular do país de origem credenciado na Bolívia.

. Em caso de necessidade de comprovação de relação de consanguinidade para iniciar o processo: Certidão ou certidão de nascimento certificada por agente consular do país de origem credenciado na Bolívia.

. Em caso de necessidade de comprovação de parentesco civil para iniciar o processo: certidão de casamento emitida por agente consular do país de origem credenciado na Bolívia.

. Caso o requerente tenha se naturalizado como nacional de um dos países Partes MERCOSUL ou associados: apresentar também certidão ou cópia legalizada do documento pelo qual se decidiu conceder a nacionalidade.

. Certidão que comprove a falta de antecedentes judiciais e/ou criminais e/ou policiais no país de origem ou em que teria residido nos últimos 5 anos anteriores à sua chegada ao país. Não se aplica a menores de 16 anos.

. Caso a pessoa declare ter residido irregularmente na Bolívia nos últimos 5 anos, deverá apresentar uma certidão de antecedentes criminais emitida pelo Registro Judicial de Registros Criminais (REJAP). Não se aplica a menores de 16 anos.

. Declaração juramentada de falta de antecedentes criminais e policiais internacionais perante a Direção Geral de Migração; mediante a aplicação do formulário de Declaração Juramentada emitido pela Direção Geral. Não se aplica a menores de 16 anos.

. Fotografia atual 4x4 fundo branco.

. Comprovante de pagamento do custo do procedimento.

. As certidões que comprovem a inexistência de antecedentes judiciais e/ou criminais e/ou policiais devem ser nacionais ou federais, conforme o caso.

Formalidades:

Toda a documentação emitida no exterior deve ser legalizada ou certificada pelo método de apostila e traduzida oficialmente para o espanhol.

A documentação a ser apresentada deve ser original.

O formulário de declaração de residência pode ser obtido nos sites ou escritórios da Direção Geral de Migração. www.migración.gob.bo .

Para mais informações consulte o seguinte link:

Requisitos página 23

Residência permanente no país receptor:

É gerido na Direcção Geral de Migração. Modalidade presencial.

Deve ser iniciado até 90 dias antes do vencimento da Residência Temporária do Mercosul.

Tem custo.

Requisitos:

. Formulário de declaração juramentado para o pedido de residência permanente, obtido nos escritórios ou sites da Direção Geral de Imigração.

. Passaporte ou carteira de identidade válido e atual ou certificado de nacionalidade emitido por agente consular dos países membros e associados do MERCOSUL.

. Comprovante de residência atual de dois anos, de acordo com os termos do Contrato. Em caso de perda ou furto da documentação por meio da qual a referida residência é credenciada e não está cadastrada nos sistemas informatizados da DIGEMIG: apresentar certidão de permanência definitiva emitida pela DIGEMIG, antes do início do procedimento (esta informação poderá ser coletados através do site: www.migración.gob.bo .)

. Certidão de registo criminal – REJAP. Não se aplica a menores de 16 anos.

. Comprovar meios de subsistência lícitos, através da apresentação de documentos consoante se trate de trabalho ou de família. Mais informações no link fornecido. Se for por outro motivo, apresente documentação que comprove a atividade realizada em território boliviano.

. Fotografia atual 4x4 com fundo branco.

. Comprovante de pagamento do custo do procedimento.

Formalidades:

Toda a documentação emitida no exterior deve ser legalizada ou certificada pelo método da apostila quando aplicável.

A documentação a ser apresentada deve ser original.

O formulário de declaração de residência pode ser obtido nos sites ou escritórios da Direção Geral de Migração. www.migración.gob.bo .

Para mais informações consulte o link fornecido:

Requisitos página 25.

Lei nº 370/013.

Nacionales de otros países

Regularização

Mecanismos de regularização.

A Direção Geral de Migração permite dias excepcionais de regularização migratória, nos termos do Decreto nº 4.576/021.

Em formação.

Arquivamento

Residência Temporária e Permanente no país receptor.

Residência temporária:

É o mecanismo pelo qual você pode morar no país pelo período de tempo estabelecido, seja para família, trabalho, estudo ou saúde.

É gerido pessoalmente perante a Direção Geral de Migração.

Validade: até 3 anos.

Tem custo.

Requisitos:

. Bilhete de identidade ou passaporte original e válido.

. Fotografia com fundo branco de 4x4 cm.

. Certidão de registo criminal, para maiores de 14 anos.

. Autorização de residência temporária.

. Certificado de vacinação.

. Acreditação da atividade a desenvolver.

. Atestado ou atestado médico.

. Prova de solvência econômica.

Formalidades: Todos os documentos do exterior devem ter uma apostila ou legalização e uma tradução oficial para o espanhol quando não for neste idioma. A tradução oficial deve ser legalizada ou apostilada, conforme o caso.

Em formação.

Residência permanente no país receptor.

É o mecanismo pelo qual você está habilitado a viver no país sem limite de tempo.

É gerido perante a Direcção Geral de Migração,

Tem custo.

Requisitos:

Permanência de 3 (três) anos em território boliviano; quando for o caso, de acordo com o disposto no inciso II do artigo 31 da Lei nº 370 de Migração .

Formulário de Declaração Juramentada de pedido de residência permanente, obtida nos escritórios ou sites da Direção Geral de Migração;

Passaporte, Bilhete de Identidade de Estrangeiro ou documento de identidade nacional válido, conforme o caso;

Certidão atual que comprove que o estrangeiro não possui antecedentes criminais e/ou policiais nacionais e internacionais, conforme o caso; Não se aplica a menores de 14 anos.

Documentação que credencia a atividade realizada em território boliviano;

Solvência econômica comprovada por meio de declaração juramentada documentada;

Fotografia atual;

Comprovante de pagamento do custo do procedimento correspondente.

Formalidades : Todos os documentos emitidos pelo país de origem ou última residência em idioma diferente do espanhol devem ser traduzidos e devidamente legalizados.

Requisitos.

Vistos.

Requisitos de Ingreso para Niñas, Niños y Adolescentes (NNAs)

NNAs acompañados con ambos representantes legales

No caso de NNA de nacionalidade boliviana, ou estrangeiros residentes na Bolívia que viajem com seus representantes legais, devem comprovar o vínculo, apresentando certidão de nascimento e documento de viagem válido.

Para mais informações, acesse o link fornecido.

Decreto Supremo nº 2757/016.

Em formação.

Para ampliar, vá em "Ver mais".

Ver más

NNAs acompañados con un representante legal

No caso de NNA de nacionalidade boliviana ou estrangeira residente na Bolívia, que se forma com representante legal, será necessário apresentar autorização expressa do outro representante legal que não viaje e o documento de viagem válido.

O mesmo é processado perante o Juizado da Criança e do Adolescente do local de residência habitual do mesmo. O link deve ser credenciado, para solicitar a respectiva autorização e tem um custo. Também é possível processar as autorizações perante os Notários.

É um processo pessoal e presencial.

Para mais informações acesse "Ver mais".

Ver más

NNAs no acompañados

Faz-se referência às crianças e adolescentes que não estejam viajando na companhia de seus representantes legais.

Pessoas menores de 18 anos são consideradas como tal.

Em todos os casos, é necessário um documento de viagem válido e detalhado.

Representante legal : pessoa que exerce a responsabilidade parental.

No caso de crianças e adolescentes de nacionalidade boliviana, ou estrangeiros residentes na Bolívia, saírem da Bolívia, necessitarão de autorização expressa de seus representantes legais.

O mesmo é processado perante o Juizado da Criança e do Adolescente, do local de residência habitual do mesmo. O link deve ser credenciado, para solicitar a respectiva autorização e tem um custo. Também é possível processar as autorizações perante os Notários.

É um procedimento presencial e pessoal.

Para mais informações digite "Ver mais".

Ver más


Ver más categorías
Ver leyenda

Lenda